Skip to main content
Planos cinematográficos

Planos cinematográficos: saiba o que são e os principais tipos!


Cinema e audiovisual é uma coisa que te interessa, mas você acaba se perdendo em meio a tantos planos? Quer saber exatamente o que é são planos cinematográficos, suas características e as diferenças de um pro outro? O post de hoje caiu feito uma luva pra você! É exatamente esse assunto que vamos tratar por aqui. Vamos lá!


Veja também dicas para começar sua carreira de edição de vídeos


O que são planos cinematográficos?


Se você está começando a estudar esse tipo de teoria, pode acabar embolando um pouco a ideia de planos e enquadramentos cinematográficos. Então, antes de falar de fato sobre o assunto principal desse post, vamos esclarecer algumas diferenças.


Enquadrar uma cena é decidir o que fará parte dela e o que fica de fora. Bons enquadramentos podem ser o ponto decisivo entre contar ou não uma boa história.


Pense no enquadramento também como uma coisa maior e mais completa, da qual os planos cinematográficos fazem parte. Além dos planos, o enquadramento é formado também pela altura e lados do ângulo, mas isso é assunto para outro post. Por enquanto, vamos focar só nos planos mesmo, ok?


E por que é importante sacar esses conceitos? Enquadramentos, planos, movimentos de câmera e ângulos vão construir a percepção da história para a galera que for assistir. Eles vão ser responsáveis por transmitir ideias, emoções e até mesmo dar dinamismo ou não às cenas. Daí a importância de conhecê-los para garantir que você transmita a mensagem certa em seus vídeos e construir boas histórias.


Os planos cinematográficos são a distância entre a câmera e o objeto/pessoa que estão sendo filmados. Queremos deixar claro que podem existir variações com relação aos nomes, mas os principais e mais usados estão aqui, que vamos conhecer agora!


Plano geral

Plano geral


O plano geral é bem aberto. Geralmente seu objetivo é apresentar o ambiente/local em que a história está acontecendo e principais fatos. Pode mostrar o personagem principal e também outros personagens interagindo com esse cenário.


Plano aberto

Plano médio


Um pouco mais fechado e mais próximo que o plano geral, irá enquadrar o personagem mantendo alguns “respiros” ou espaços em volta. A ideia desse plano é dar um pouco mais de ênfase às ações desse personagem.


Plano americano

Plano americano


O plano americano tem esse nome por ter ficado mais popular, principalmente em filmes antigos de faroeste, em que era muito usado. Os atores são enquadrados do joelho para cima e a ideia é focar ainda mais o personagem, principalmente mãos e cabeça, em detrimento do cenário.


Plano médio

Primeiro plano


Ainda mais fechado que o plano americano e com respiros, no plano médio os atores serão enquadrados da cintura para cima. Normalmente a ideia é dar ênfase ao que os atores estão falando.


Primeiro plano

Primeiríssimo plano


Já o primeiro plano vai fechar ainda mais no rosto dos atores e personagens. A pegada aqui é bem emocional, com objetivo de reforçar expressões de raiva, medo ou alegria que contribuem pro desenvolvimento da história.


Plano detalhe

Plano detalhe


O plano detalhe será fechado em um objeto específico, como um copo, um livro, uma caneta ou alguma parte do corpo do personagem que são marcantes para o desenrolar das cenas. Não se confunde com o primeiríssimo plano, que foca no rosto.


Plano sequência


O plano sequência é aquele em que a cena acontece sem corte nenhum. A sua ideia é aumentar a imersão das pessoas que assistem a história e garantir que ela também fique mais emocionante.


Pode ser usado também para mostrar pessoas conversando durante muito tempo, sem muita ação ou alguma coisa acontecendo por muito tempo em um cenário.


Pode acabar exigindo mais trabalho de todos os envolvidos e mais espaço de filmagem se houver muitos movimentos. E, quando comparado a um filme que tenha muitos cortes, pode dar uma sensação de que o filme é mais lento.


Dá uma olhada, na prática, como o plano sequência funciona, nesse exemplo clássico do filme A Marca da Maldade:


Plano conjunto


O plano conjunto é parecido com o plano americano, porque geralmente irá enquadrar também dos joelhos pra cima. E como o próprio nome diz, esse enquadramento é feito com mais de uma pessoa na cena. É ideal para entrevistas ou conversas que serão filmadas, por exemplo.


Conclusão


Bom, o post de hoje era pra gente trocar uma ideia rápida, mas não menos importante. Dá para ver que cada um dos planos fotográficos ou cinematográficos não é planejado por acaso: eles têm uma razão de existir, características próprias e uma intenção clara por trás de seu uso.


A gente espera que tenha ficado mais claro como cada um deles funciona e também tirado as principais dúvidas. E também pode ser bem comum você encontrá-los como nomes diferentes. Se isso tiver acontecido com você, comente aqui embaixo e deixe esse post ainda mais rico!


E por hoje é só, esperamos você no próximo post. Abração!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *